Embratur

Rio de Janeiro recebe voo retrô da Tap Portugal

por — publicado 08/11/2017 00h00,
última modificação 09/11/2017 11h36

Foto por: Divulgação TAP

Tripulação da TAP caracterizada para o voo retrô

Tripulação da TAP caracterizada para o voo retrô

Capital fluminense foi uma das cidades escolhidas para ação de marketing da companhia portuguesa

O Rio de Janeiro foi o destino turístico escolhido pela TAP Portugal para receber o quarto voo retrô da companhia aérea portuguesa. Em comemoração aos seus 72 anos, a empresa tem oferecido a seus passageiros e convidados uma “viagem no tempo”, com a reprodução de um voo no glamoroso período da aviação dos anos 70.

A rota entre Lisboa e o Rio é operada pela TAP desde o início da década de 60, época em que foi inaugurado pela companhia o chamado “Voo da Amizade”. Atualmente, a cidade continua sendo prioritária para a TAP, que opera 13 voos semanais para o Rio a partir de Lisboa, e dois a partir do Porto.

O presidente da Embratur, Vinicius Lummertz considera que a escolha do Rio para receber um dos voos retrô é sinal da importância da cidade como porta de entrada de turistas internacionais no Brasil e reforça a ligação entre os dois países. “O Rio é um dos principais cartões-postais do Brasil e merece fazer parte da celebração do aniversário da Tap Portugal, esta empresa que historicamente aposta no mercado brasileiro“, destaca.  

De acordo com o diretor geral da TAP no Brasil, Mario Carvalho, o objetivo da ação foi criar uma experiência inédita na longa trajetória da companhia. Para ele, a inclusão da capital fluminense entre as rotas do voo retrô condiz com a visão de mercado da companhia. “Ter o Rio de Janeiro como um dos locais escolhidos para receber esse voo especial foi muito natural, já que a cidade recebe voos da empresa há mais de 50 anos”, afirma. A ação da Tap foi viabilizada pela parceria da companhia com o Rio Convention & Visitors Bureau.

A TAP recriou, para esta experiência, a atmosfera dos anos 70, desde os balcões de check-in ao entretenimento a bordo. Detalhes como as etiquetas de bagagem e bolsas para cartões de embarque fizeram com que a sensação de “volta no tempo” fosse a mais realista possível. Além disso, brindes como a bolsa utilizada na época contendo produtos tradicionais como jogos de tabuleiro antigos, água de lavanda, cremes para mãos e pasta de dentes foram distribuídos aos passageiros.

O cardápio do serviço de bordo buscou retratar exatamente o que se servia nos anos 70, com salada de camarão de entrada e Bife do Lombo à Portuguesa ou Bacalhau à Zé do Pipo, como prato principal. Os passageiros que utilizaram o entretenimento a bordo, puderam assistir filmes da década de 70 e um canal de música do mesmo período.

Após o sucesso das viagens a Toronto, São Paulo e Miami, o A330 da TAP batizado com o nome “Portugal”, seguiu rumo ao Rio de Janeiro no mês de setembro. Remodelado em seu interior e na pintura da fuselagem, a aeronave seguirá até o fim do ano para mais dois itinerários - entre Lisboa e Luanda, na Angola e Lisboa e Miami, nos Estados Unidos.

Voltar ao topo