Embratur

Rio de Janeiro ganha novo escritório de monitoramento de mídia

por — publicado 09/07/2018 00h00,
última modificação 09/07/2018 11h45

Foto por: Embratur

Capital fluminense, Rio de Janeiro

Capital fluminense, Rio de Janeiro

Rio Press Office será responsável por monitorar o que é dito sobre o destino na imprensa nacional e internacional

O Rio de Janeiro, um dos cartões postais do Brasil no exterior e principal porta de entrada no País, conta com uma nova ferramenta de monitoramento de mídia nacional e internacional: o Rio Press Office, um serviço do Rio Convention and Visitors Bureau. A ferramenta, além de monitorar os assuntos referentes à imagem da cidade, serve de fonte de informação e respostas. Com isso, espera-se diminuir o impacto das notícias negativas sobre o destino turístico, contribuindo na construção da imagem positiva junto à imprensa nacional e internacional.

De acordo com Michael Nagy, diretor Rio Convetion and Visitors Bureau, o Rio Press Office é uma ferramenta que mudará a percepção dos turistas sobre a cidade e o estado. Ele lembrou, ainda, que as maiores cidades do mundo já contam com esse tipo de departamento que monitorara a mídia, corrige informações equivocadas, desmente as chamadas fake news, quando necessário, ou produz conteúdo enaltecendo seus destinos. “A nova ferramenta tem ampla abrangência e permite acesso a mais de 400 mil jornalistas. Com relação ao material que está sendo produzido, não são apenas assuntos relacionados ao turismo, mas também a questões dirigidas à ciência, tecnologia e demais setores onde o estado se destaca”, garantiu.

Para a presidente do Rio Convention and Visitors Bureau, Sônia Chami, a cidade é referência mundial quando se fala em turismo brasileiro. “Todos os fatos que acontecem no nosso estado repercutem internacionalmente com uma velocidade avassaladora. Infelizmente acabam entrando na nossa conta fatos que acontecem a centenas de quilômetros, em outros municípios do estado. O Rio Press Office será fundamental para rebater esses equívocos e mostrar questões e assuntos onde o nosso estado se destaca de forma positiva”, afirmou Sônia.

 

 

Voltar ao topo