Embratur

Rio, a maior vitrine do Brasil

por — publicado 25/05/2017 00h00,
última modificação 26/05/2017 15h52

Foto por: Embratur

Reunião no gabinete do Ministério da Defesa para apresentação do projeto

Reunião no gabinete do Ministério da Defesa para apresentação do projeto

Plano de segurança na área do turismo da capital carioca será discutido amanhã com ministros e a Presidência da República. O projeto prevê a geração de mais de 190 mil novos empregos, tanto na área de segurança como hoteleira, turística e de lazer.

Por meio da articulação do presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Vinicius Lummertz, os representantes do Conselho Municipal do Rio de Janeiro se reuniram nesta quinta-feira, em Brasília, com os ministros da Defesa, Raul Jungmann, e do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, general Sérgio Etchegoyen, para apresentarem um plano de segurança na área do turismo da capital carioca. O projeto batizado de "Rio, a maior vitrine do Brasil" depois foi apresentado a jornalistas em uma coletiva de imprensa.

"O Governo Federal recebe com boas expectativas a proposta da sociedade civil do Rio de Janeiro, que visa reforçar e melhorar a segurança dos pontos turísticos e dos grandes eventos promovidos na cidade. Vamos incorporar o assunto na agenda governamental e apresentar ao presidente da República para a implantação da ação, essa que poderá ser levada para outros estados do País", garantiu o ministro Jungmann.

Segundo Etchegoyen, o plano entrará na pauta da reunião que acontecerá amanhã, dia 26, com ministros e a Presidência da República.

De acordo com Lummertz, o Ministério do Turismo e a Embratur têm interesse na aprovação do plano, que conta com apoio do governo em seu desenvolvimento. "Com segurança equipada, fortalecida e capacitada, a promoção e divulgação do Rio de Janeiro consequentemente trará retorno ao patrimônio investido na cidade e irá melhorar a imagem do Brasil no exterior", disse o presidente da Embratur.

Um dos destaques do projeto apresentado pelos representantes do Rio é o aumento de 20% no número de turistas que visitarão a cidade anualmente. Além disso, o plano prevê a geração de mais de 190 mil novos empregos, tanto na área de segurança como hoteleira, turística e de lazer.

Além dos ministros e do presidente da Embratur, estiveram presentes Marcelo Alves, presidente da RioTur; Paulo Protasio, presidente da Associação Comercial do RJ; Cláudio Magnavita, diretor do Convention Bureau do Rio; Phelippe Oliveira, secretário executivo do Ministério da Justiça; Carlos Cruz, secretário Nacional de Segurança Pública; Francisco Mendonça, subsecretário da Secretaria de Comunicação da PR e Roberto Medina, presidente do Rock in Rio.

No final da reunião, o presidente da Embratur participou de coletiva com a imprensa junto com os ministros, Roberto Medina e Phelippe Oliveira do Ministério da Justiça. 

 

Voltar ao topo