Embratur

Pantanal será sede de competição mundial de paramotor

por — publicado 07/11/2018 00h00,
última modificação 07/11/2018 16h02

Foto por: Divulgação

Imagem retirada do site oficial do evento

Imagem retirada do site oficial do evento

O Brasil, mais precisamente a região do Pantanal, foi escolhido para sediar o evento pelas suas características peculiares

O exuberante cenário de destinos turísticos do Pantanal, de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, será o palco da etapa da Icarus Trophy, empresa sediada no Reino Unido, que organiza corridas de aventura de paramotor. O evento será em 2019 e passará pelas regiões de Nova Mutum, Bom Jardim, Livramento, Chapada dos Guimarães, Poconé e Porto Jofre, no Mato Grosso, e Bonito, no Mato Grosso do Sul. O evento deverá reunir profissionais de diversos países da modalidade.  

"Sediar o evento é uma oportunidade ímpar para firmar o Brasil como País referência em Ecoturismo e Turismo de Aventura. Privilegiado pela extensão territorial e variedade de biomas, o País oferece inúmeras opções de lazer em cenários naturais que contemplam as cinco Regiões e o Pantanal foi escolhido pelas suas características peculiares", destacou a presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Teté Bezerra.

De acordo com o secretário de Turismo de Mato Grosso, Jaime Okamura, a partir de amanhã, 7 de novembro, representantes da empresa inglesa responsável pela competição, estarão no estado para uma visita técnica. “Pilotos de paramotor farão toda a rota, partindo da cidade de Nova Mutum, no Mato Grosso, até Bonito, no estado vizinho, Mato Grosso do Sul. Eles voarão pela região para reconhecimento do local, acompanhados de um cinegrafista e operador de drone, responsáveis pela divulgação do evento que será em solo brasileiro, no próximo ano”, informou.

"Este importante evento internacional ajudará a aumentar a visibilidade do destino Pantanal no mercado e a consolidar o Brasil como destino de Ecoturismo e Turismo de Aventura. Mato Grosso do Sul fica feliz em receber a competição e está preparado para proporcionar aos participantes aventura e adrenalina, com paisagens de tirar o folêgo", destacou Bruno Wendling, diretor-presidente da Fundação de Turismo do Mato Grosso do Sul.

O Ecoturismo e o Turismo de Aventura é o segmento turístico que mais cresce no mundo, com taxas entre 15% e 25% ao ano, segundo a Organização Mundial do Turismo (OMT). Segundo o Fórum Econômico Mundial, o Brasil é apontado como o primeiro do ranking em belezas naturais, entre 136 países.

O último levantamento do Ministério do Turismo (MTur), com turistas estrangeiros, revela que 16% dos visitantes internacionais que vêm ao Brasil estão em busca de atividades junto à natureza.

Reconhecendo a importância do segmento na inserção do País como destino turístico competitivo no mercado mundial, ao longo dos últimos anos, a Embratur tem promovido uma série de ações para consolidar o Brasil como referência no segmento, como a AdventureNEXT Latin America 2018, que começa nesta quarta-feira (7) e vai até o dia 9, em Campo Grande (MS).

Voltar ao topo