EMBRATUR

Novos modelos de negócios para o turismo marcam o 15º Forúm Panrotas

por — publicado 15/03/2017 00h00,
última modificação 15/03/2017 17h40

Foto por: Embratur

Sérgio Flores, diretor de Marketing e Relações Públicas da Embratur, e o ministro do Turismo, Marx Beltrão, durante o Fórum 2017

Sérgio Flores, diretor de Marketing e Relações Públicas da Embratur, e o ministro do Turismo, Marx Beltrão, durante o Fórum 2017


Embratur participa do evento que busca impulsionar relacionamentos, gerar novos negócios e parcerias no ramo do setor 

Sérgio Flores, diretor de Marketing e Relações Públicas da Embratur, e o ministro do Turismo, Marx Beltrão, durante o Fórum 2017 

A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) marcou presença, mais uma vez, no Fórum Panrotas, considerado um dos maiores eventos de tendências e debates do turismo brasileiro. O diretor de Marketing e Relações Públicas do Instituto, Sérgio Flores, participou do fórum que aconteceu em São Paulo (SP) nos dias 13 e 14 de março. 

Este ano, o Panrotas também contou com a presença do ministro do Turismo, Marx Beltrão, que falou sobre os avanços que devem ser feitos para que o Brasil se torne um país mais competitivo no setor de turismo. Na manhã de terça-feira (14), o ministro discutiu o tema junto a empresários do setor de cruzeiros, receptivo e operadores turísticos. 

Entre os pontos destacados por Marx Beltrão, que abriu o Painel “Políticas Públicas para o desenvolvimento do Turismo”, está a necessidade de modernização da legislação do setor e a ampliação da promoção nacional e internacional. O ministro apresentou aos empresários do setor de cruzeiros, receptivo e operadores turísticos, as medidas que estão sendo defendidas pelo Ministério do Turismo junto ao governo federal. São elas: a dispensa de vistos a países estratégicos, a ampliação da conectividade aérea, a modernização da Lei Geral do Turismo e a reformulação do modelo de gestão da Embratur. 

Para o diretor do Instituto, Sérgio Flores, a presença da Embratur no Fórum Panrotas é fundamental para que haja conexão com todas as esferas do setor em um momento em que o turismo pode ser uma das fontes para o crescimento da economia, como gerador de empregos e divisas. 

“O principal objetivo da autarquia é potencializar a promoção dos destinos brasileiros e, com isso, o fórum se torna essencial para que a troca de experiência fortaleça o trabalho de promoção e divulgação do Brasil. Os temas apresentados destacaram, principalmente, a influência da tecnologia e os novos modelos de negócios dos representantes nacionais e internacionais do setor de turismo”, afirmou o diretor. 

O evento, que chegou à sua 15ª edição, apresentou tendências e novidades para o setor por meio de palestras, painéis, entrevistas e apresentação.

 

Com informações do Ministério do Turismo

Voltar ao topo