Embratur

Monumentos em verde e amarelo no Brasil e no mundo marcam contagem de 100 dias para a Rio 2016

por — publicado 27/04/2016 00h00,
última modificação 27/04/2016 17h41

Foto por: MRE

Roma (Itália)

Roma (Itália)

Ações marcam a preparação do País para a abertura da Olimpíada e Paralimpíada no Rio de Janeiro

A exatos 100 dias para a abertura do maior evento esportivo do planeta, os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, o Brasil se prepara para receber, além dos atletas e equipes técnicas, entre 350 e 500 mil turistas estrangeiros. Desde que o Rio foi anunciado como sede, a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) desenvolve estratégias de atuação em ações voltadas para promover o País como sede de grandes eventos e atrair ainda mais viajantes internacionais.

“Na Embratur, os preparativos avançam para que o Brasil seja um bom anfitrião e ofereça serviços e produtos de qualidade ao turista. Estamos nos esforçando nesta reta final para aproveitar esse interesse que o evento traz naturalmente, o câmbio favorável e a liberação do visto para Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão, e assim potencializar essa expectativa”, comentou o presidente da Embratur, Marcos Sales.

Como parte da contagem regressiva para o início dos Jogos, monumentos e edifícios em diferentes cidades do mundo estarão sendo iluminados nesta quarta-feira (27) de verde e amarelo. A iniciativa do Ministério das Relações Exteriores e sua rede de Postos, é realizada com o apoio da Embratur, da SECOM (Secretaria de Comunicação) da Presidência da República, Ministério do Esporte e Prefeitura do Rio de Janeiro.

Cidades como Londres, Atenas, Atlanta, Doha, Buenos Aires, Cidade do México, Johanesburgo, Budapeste, Roma, Tóquio e Seul receberão as cores do Brasil. No país, o Palácio do Planalto e o Palácio Itamaraty, em Brasília, e o Cristo Redentor, Maracanã, Arcos da Lapa, entre outros, no Rio de Janeiro, também fazem parte da campanha. 

Palco da primeira edição dos Jogos Olímpicos da Era Moderna, em 1896, Atenas (Grécia) terá o Estádio Panatenaico nas cores do Brasil também nesta noite, quando a tocha olímpica será oficialmente entregue ao governo brasileiro. O local volta a ficar iluminado na véspera da abertura dos Jogos, em agosto.

Embratur nos Jogos

Pela primeira vez na história, a América do Sul sediará os Jogos, o que tem importância histórica para o movimento olímpico. A Embratur trabalha na divulgação tratando as Olimpíadas como um evento do continente, não apenas do país. Como foi feito para a Copa do Mundo, houve um esforço essencial para incrementar o fluxo turístico estrangeiros, sendo uma das estratégias a de reforçar o turismo intrarregional.

Entre os mecanismos de divulgação do Instituto para os diversos destinos e produtos turísticos brasileiros, estão a participação em feiras internacionais, capacitações de agentes e operadores de turismo, campanhas e ações de promoção do Brasil no exterior. Esse conjunto de iniciativas visa oferecer ao visitante a oportunidade de desfrutar os cartões postais cariocas e também conhecer outras cidades brasileiras.

Tour da Tocha

Da capital grega, Atenas, o símbolo olímpico viajará a Brasília, onde chegará no dia 03 de maio. Durante 95 dias, o chamado Tour da Tocha passará por 335 localidades no território brasileiro, em que serão representadas a cultura e as belezas naturais do País. No total, a tocha será carregada por 12 mil condutores, percorrendo 20 mil km.

Segundo o presidente da Embratur, para o Brasil, o Tour é uma oportunidade de nacionalizar os ganhos das Olimpíadas e Paralimpíadas, mobilizar o País em torno desse megaevento, além de amplificar os ganhos de imagem e promover todas as regiões brasileiras em uma grande celebração turística.

Voltar ao topo