Embratur

Gilson Machado Neto participa de live do LIDE-Pernambuco e defende: “o brasileiro precisa falar bem do Brasil lá fora”

por — publicado 13/06/2020 00h00,
última modificação 15/06/2020 07h45

Foto por: divulgação

Presidente da Embratur participou de live do LIDE Pernambuco

Presidente da Embratur participou de live do LIDE Pernambuco

Nesta sexta-feira (12/6), o presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, participou de live organizada pelo LIDE-Pernambuco (Grupo de Líderes Empresariais), juntamente com representantes do trade estadual do turismo pernambucano e também com lideranças de entidades de atuação nacional. O tema da reunião foi "A recuperação do turismo neste momento de incertezas por conta da pandemia do Coronavírus, mas diversos temas foram abordados na live.

A liberação de linhas de crédito e outras ações do governo federal para o setor do Turismo foram mencionadas, por isso Gilson Machado buscou esclarecer o que pode estar ocorrendo. “Peço a todos que desejam ter acesso aos R$ 5 bilhões que estão disponíveis por conta da Medida Provisória 963 que se adiantem. O dinheiro já está disponível nas instituições financeiras, mas temos mais de 200 leis que temos de nos submeter para qualquer coisa. Já fizemos vários pleitos para que se diminuíssem as garantias exigidas, para que quem faz eventos, por exemplo, também possa ter acesso. O governo acredita que o Turismo terá sua recuperação e trabalha para isso”, disse o presidente da Embratur.

Possíveis parcerias com os hoteleiros para a reabertura das praias em Pernambuco e medidas para contornar a pandemia em conjunto foram debatidas. Gilson aproveitou para mencionar que os brasileiros precisam acreditar no país e falar bem de sua terra natal no exterior.

“Não adianta a Embratur ter recursos e fazermos tudo como manda o figurino, como parcerias com companhias aéreas, se a gente não conseguir fazer o brasileiro falar bem do Brasil lá fora. Precisamos recuperar nossa autoestima. Estive na Suécia para uma feira quando os incêndios na Amazônia estavam sendo noticiados, no ano passado, e as pessoas achavam que os aeroportos não estavam operando por conta do fogo. Eu mostrei a eles que estavam errados, que nosso país é um dos países mais preservados do mundo, com 66% de florestas preservadas e é isso que os brasileiros precisam saber também”, salientou.

De acordo com o presidente da Embratur, o governo federal está tomando medidas que jamais foram tomadas. O Ministério do Meio Ambiente está a frente de medidas para melhorar o saneamento básico, um verdadeiro e histórico problemas de muitas cidades no Brasil. “O turista só volta se o meio ambiente estiver preservado”, pontuou Gilson, lembrando também de outro tema em que o Brasil é mal visto por conta do noticiário: a violência. “Com seus poucos recursos a Embratur, de 2019, antes de aprovarmos a MP 907 que transformou a Embratur em Agência, estávamos preparando uma press trip com jornalistas americanos De repente essa press trip não ocorreu mais porque os jornalistas foram convencidos a ir a outro país, pois ouviram que o Brasil é um país violento. Eu mesmo já fui assaltado em Miami e em Portiugal, e muita gente não sabe, mas a violência em Jericoacara, Pantanal e Foz do Iguaçu, por exemplo, tem índices iguais aos da Suécia e da França. Os brasileiros precisam saber disse para fazer a nossa divulgação lá fora”, comparou.

Antes de se despedir, Gilson, que é pernambucano e sanfoneiro, cumprimentou a todos, agradeceu o convite e tocou a famosa música “Asa Branca” na sanfona. “Somos democratas e o bom debate sempre é pertinente. Minha gratidão por participar deste momento importante. O LIDE trabalha por mais emprego e renda, exatamente o mesmo que eu defendo”, finalizou.

A mediação da live foi feita por Drayton Nejaim, do LIDE-Pernambuco, e os demais participantes foram: Eduardo Sanovicz, presidente da ABEAR - Associação Brasileira das Empresas Aéreas; Rodrigo Novaes, secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco; Fabio Steinberg, editor do site Turismo Sem Censura; Alberto Ferreira da Costa Jr.,vice-provedor do Real Hospital Português; Halim Nagem - presidente da Nagem e conselheiro de honra do LIDE Pernambuco; Luis Guilherme Pontes, superintendente do Grupo Pontes e conselheiro de gestão do LIDE Pernambuco; Manoel Ferreira, presidente da Agemar e conselheiro de gestão do LIDE Pernambuco.

Voltar ao topo