Embratur

Embratur intensifica promoção turística no Chile

por — publicado 12/06/2019 00h00,
última modificação 09/07/2019 18h00

Foto por: Embratur

Gilson Machado Neto se reúne com a subsecretária de Turismo do Chile, Monica Said.

Gilson Machado Neto se reúne com a subsecretária de Turismo do Chile, Monica Said.

Gilson Machado Neto, presidente da autarquia, participa da Fiexpo, uma das importantes feiras internacionais do setor 

Intensificar a promoção turística do Brasil no Chile, terceiro maior emissor de turistas para o mercado brasileiro, foi um dos objetivos da participação do presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, na Fiexpo Latin America, uma das maiores feiras internacionais do setor, realizada nesta semana, em Santiago. Machado Neto reuniu-se com representantes do setor e do Governo chileno.

“O Chile é um dos nossos principais mercados emissores. Queremos intensificar nossa promoção para atrair ainda mais turistas chilenos, como parte de nossa meta de dobrar para 12 milhões o número total de turistas que visitam o Brasil, nos próximos anos”, afirmou Machado Neto.

Durante encontro com a subsecretária de Turismo do Chile, Monica Zalaquett Said, o presidente da Embratur discutiu oportunidades de promoção, com o início de novas ligações aéreas entre os dois países previstas para os próximos meses, como Santiago-Brasília e Santiago-Recife. Os dois mandatários acertaram ainda a criação de um grupo de trabalho que discutirá parcerias de promoção para a terceira idade.

Machado Neto reuniu-se ainda com o diretor para América Latina da International Congress & Convention Association (ICCA), Santiago González. Associada à ICCA desde 1977, a Embratur fornece informações para a base de dados da instituição. Durante o encontro, foram discutidas oportunidades de pareceria entre as duas entidades.

Machado Neto manteve também encontros com o diretor comercial da SKY Airlines, Marcelo Rodriguez, e com a gerente Geral da Câmara Chilena-Brasileira de Comércio, Lara Buttice.

A Fiexpo integra a Agenda de Promoção Comercial do Turismo Brasileiro no Exterior. O estande da Embratur na edição deste ano contou com a presença de 18 coexpositores, entre agências, hotéis, companhias aéreas, resorts, além de sete destinos: Pernambuco, Foz do Iguaçu, São Sebastião, Ilha Bela, Rio de Janeiro, São Paulo e Ceará.

Em 2018, o Brasil recebeu 387,47 mil turistas do Chile, um aumento de 13% em relação ao ano anterior. Atualmente, o Chile é o terceiro maior emissor para o país, atrás apenas da Argentina e dos Estados Unidos.

 

 

Voltar ao topo