Embratur

Embratur e startup hoteleira indiana debatem promoção do turismo internacional

por — publicado 28/11/2019 00h00,
última modificação 28/11/2019 16h50

Foto por: Pablo Peixoto/Embratur

Equipe da Embratur recebe representantes indianos nesta quinta-feira

Equipe da Embratur recebe representantes indianos nesta quinta-feira

Empresa garante investimento no país e avalia, junto com a Agência, formas de parcerias para divulgação do Brasil no exterior

O presidente da Embratur (Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo), Gilson Machado Neto, recebeu nesta quinta-feira (28) o CEO do grupo OYO Hospitality, Sidharta Dasgupta. Na ocasião, eles debateram ampliação da oferta de quartos para estrangeiros no país e as possibilidades de divulgação das belezas brasileiras em unidades da rede no exterior.

A startup indiana já é uma das maiores redes de hotelaria do mundo. Com 35 mil hotéis em 800 cidades, sendo 180 no Brasil, seu foco é hospedagens a custos acessíveis e com padronização dos quartos. A empresa anunciou que até o final do ano deve estar em todas as capitais brasileiras e pretende investir no país, gerando emprego e renda.

“Ficamos muito felizes com a visita. É sempre importante ver empresas bem-sucedidas no exterior chegarem ao Brasil e fomentarem nossa economia. Já iniciamos conversas para ver a possibilidade de divulgar nosso país nas unidades da OYO pelo mundo. A Embratur, agora Agência, já começa sua atuação estratégica e ativa do turista internacional”, explicou Gilson.

Sidharta Dasgupta agradeceu a recepção. Ele explicou que a empresa possui interesse em estreitar seu relacionamento com o Brasil e ampliar a divulgação da marca e seus serviços. “Já chegamos forte em países como México. Vamos buscar consolidar nosso nome em território brasileiro agora”.

O diretor de Marketing da Embratur, Osvaldo Matos, relatou a importância de uma empresa como a OYO, que possui foco em revitalização de hospedagens de médio e baixo custo, chegar ao país. “Certamente vão qualificar ainda mais nossa infraestrutura para receber o turista estrangeiro nos seus diversos nichos. Estamos acompanhando tudo de perto e trabalhando pelo bem do turismo”, concluiu. 

Voltar ao topo