Embratur

Embratur apoia expansão do paraquedismo no Brasil

por — publicado 06/08/2019 00h00,
última modificação 06/08/2019 16h49

Foto por: Pablo Peixoto/Embratur

Diretor Osvaldo Matos (ao centro) e equipe recebe os representantes da CBPq na Embratur

Diretor Osvaldo Matos (ao centro) e equipe recebe os representantes da CBPq na Embratur

Representantes da Confederação Brasileira de Paraquedistas se reúnem com diretor do Instituto Osvaldo Matos para fortalecimento da atividade no País

Em termo de turismo, o Brasil tem muito a oferecer, principalmente quando se une ao esporte. Pensando nesse potencial, o diretor de Marketing e Relações Públicas da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Osvaldo Matos de Melo Junior, convidou a Confederação Brasileira de Paraquedistas (CBPq), em nome do presidente da entidade, Breno Melo de Assis, para integrar o Programa de Embaixadores do Turismo do Brasil. O encontro foi realizado nesta segunda-feira (05), na sede do Instituto.

De acordo com o diretor da Embratur, a ação é simbólica e, ao fazer o convite, reforçou a importância da confederação para visibilidade do País no mercado internacional. “O Brasil é privilegiado por estar cercado por uma natureza exuberante e preservada, com dunas, lagos, ilhas e algumas das mais belas praias do mundo. Não há lugar melhor para saltar de paraquedas, uma atividade composta por patriotas interessados em mostrar o potencial brasileiro”, destacou.

Os participantes da reunião e representantes da CBPq irão disponibilizar, de forma voluntária, seu acervo de imagens, principalmente de aéreas, que têm de destinos e atrativos turísticos brasileiros. “A Embratur passa por um momento de transformação que, com apoio e aval do presidente Jair Bolsonaro, iremos reverter o quadro e angariar mais recursos para a promoção turística do Brasil. Quanto mais imagens estiverem à disposição, mais materiais teremos para apresentar melhor o País dentro e fora de casa”, completou.

O presidente da Confederação Brasileira de Paraquedistas, Breno Melo; representantes de governos estadual e federal, como o coronel Edson Melo da Silva e Ricardo Ramos de Morais, e equipe técnica da Embratur também participaram do encontro. Durante a reunião, ficou decidido que a Confederação Brasileira de Paraquedistas irá apresentar um projeto com pedido de apoio para a promoção do 1º Congresso Internacional de Paraquedismo do Brasil.

 

 

 

  

Voltar ao topo