Embratur

Embratur alinha parceria estratégica com King's College

por — publicado 05/11/2018 00h00,
última modificação 05/11/2018 10h47

Foto por: Pablo Peixoto/Embratur

Representantes do Brazil Institute, presidente Teté Bezerra, coordenadores da Embratur Alisson Andrade e Guilherme Miranda durante encontro no Reino Unido

Representantes do Brazil Institute, presidente Teté Bezerra, coordenadores da Embratur Alisson Andrade e Guilherme Miranda durante encontro no Reino Unido

Brazil Institute é único grupo de estudos dedicado especialmente ao País na Europa

A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) e o King's College, classificada entre as 25 melhores universidades do mundo, alinharam uma parceria para troca de informações, dados e experiências, a fim de aprimorar a imagem brasileira no exterior. A proposta foi debatida em um encontro realizado na última sexta-feira (02), entre a presidente da Embratur, Teté Bezerra, e os representantes do Brazil Institute, único grupo de estudos dedicado exclusivamente ao Brasil na Europa, Vinicius de Carvalho e Daniel Buarque.

A ideia é fazer com que a Embratur forneça pesquisas e dados, desenvolvidos no Brasil, para a universidade britânica e, em contrapartida, o King's College compartilha de suas análises acerca da imagem brasileira no exterior em diversos segmentos, incluindo o turismo internacional.

“A troca de informações entre a academia e a Embratur enriquece nosso conhecimento, além de trazer uma visão isenta e com metodologia científica agregam muito conhecimento para as tomadas de decisão diárias do nosso trabalho”, afirma a presidente da Embratur, Teté Bezerra.

O Brazil Institute, do King's College, é um espaço plural para a discussão e estudo do Brasil. Na universidade, existe a promoção de atividades culturais e de promoção do País, além de cursos de capacitação para diplomatas britânicos que atuam no Brasil.

Segundo Vinicius de Carvalho, coordenador da entidade, os estudos desenvolvidos por eles “tem um papel crítico-construtivo sobre o Brasil no Reino Unido”. “Somos fonte de referência para a imprensa e para setores públicos e privados que mantém relação com o Brasil”, completou.

Daniel Buarque, que atualmente está realizando seu doutorado no King's College e também faz parte do corpo de professores do Brazil Institute, afirmou que “a universidade é um local para falarmos objetivamente da imagem internacional do Brasil”. “As principais pesquisas apontam que o Brasil é um País simpático, atraente e que as pessoas têm interesse em visitar. A imagem afeta todas as relações do país com o resto do mundo. Tudo parte da ideia que as pessoas têm do local, e é muito importante trabalhar o que o país é, para que as pessoas tenham uma percepção real, de um lugar onde as coisas fluem melhor”, completa Buarque.

Ainda este mês, Vinicius de Carvalho, coordenador do Brazil Institute, estará presente na Embratur para se encontrar com a área técnica do Instituto e realizar uma apresentação acerca da imagem internacional do Brasil.

Voltar ao topo