Embratur

Brasil e Colômbia criam GT para fortalecer o turismo entre os dois países

por — publicado 15/01/2020 00h00,
última modificação 15/01/2020 13h42

Embratur, Embaixada da Colômbia no Brasil e Ministério do Turismo definem grupo de trabalho permanente em encontro em Brasília

A Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo – Embratur, o Ministério do Turismo e a Embaixada da Colômbia no Brasil irão compor um grupo de trabalho permanente para fortalecimento do turismo entre os dois países. A decisão foi tomada durante encontro nesta terça-feira (14) entre o diretor-presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, o secretário nacional de Integração Interinstitucional do Ministério do Turismo, Bob Santos e o embaixador colombiano, Darío Montoya, e equipes. O diretor de Marketing, Inteligência e Comunicação da Embratur, Osvaldo Matos, também esteve presente na reunião.

Gilson Machado Neto reforçou a importância do intercâmbio cultural e turístico entre Brasil e Colômbia e destacou o país vizinho como aliado fundamental para o turismo brasileiro.

“Neste ano, iremos trabalhar com a média de 15 países prioritários e a Colômbia está na lista. Um país com 40 milhões de habitantes, que faz fronteira com o Brasil e de um povo alegre e cativante, vai encontrar no nosso território belezas diferentes do que estão acostumados por lá. A missão da Embratur é desenvolver o turismo brasileiro. Aqui, na Embaixada da Colômbia no Brasil, já demos o primeiro passo”, afirmou o diretor-presidente da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo.

O embaixador Darío Montoya também destacou a presença de turistas brasileiros no país. Para ele, “a criação do grupo de trabalho poderá aumentar o turismo, além de fortalecer a economia da Colômbia através do setor”.

A equipe do Ministério do Turismo apresentou o trabalho de capacitação de guias e representantes do trade turístico brasileiro, que tem o objetivo de melhorar o atendimento ao turista estrangeiro no Brasil. “Essa integração bilateral é de grande valia para trazermos mais colombianos para o nosso país e, consequentemente, outros turistas estrangeiros que visitam a Colômbia e podem conhecer o Brasil, principalmente pela distância entre os dois países”, disse Bob Santos.

 

     

Voltar ao topo