Embratur

Aumento na emissão de vistos para o Brasil é destaque na Conferência Anual da USTOA

por — publicado 05/12/2018 00h00,
última modificação 05/12/2018 12h24

Foto por: Embratur

Representantes de destinos brasileiros e da Embratur durante a Conferência de 2018

Representantes de destinos brasileiros e da Embratur durante a Conferência de 2018

Embratur apresenta destinos turísticos brasileiros e destaca a facilitação de viagem a operadores de turismo norte-americanos

As facilidades para o turista norte-americano viajarem para o Brasil e o aumento de 68% no número de vistos eletrônicos emitidos para o Brasil foi destaque durante a Conferência Anual da USTOA (United States Tour Operator Association), realizada de 26 a 30 de novembro, em Phoenix, no Arizona. O evento contou com a participação da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo).

Durante a conferência, a Embratur participou de seminários a respeito das tendências do setor, de ações de relacionamento e reuniões com o trade internacional presente no evento. “Esse tipo de evento proporciona grandes oportunidades de relacionamento com o trade turístico, bem como de alinhamento de propostas de ações a serem realizadas nos Estados Unidos. Além disso, permite que seja realizado um trabalho de análise do comportamento do mercado, permitindo planejar melhor nossas estratégias de promoção no exterior e, assim, sermos mais competitivos no cenário global”, explica Ana Cazelato, analista de mercado do Instituto presente na ação.

Além da representante da Embratur, demais profissionais do trade do Rio de Janeiro e da Secretaria de Turismo de Belo Horizonte participaram da Conferência. “A presença de representantes brasileiros fortalece a promoção do Brasil como destino turístico, com informações a respeito da comercialização dos produtos brasileiros”, completa Ana Cazelato.

Dentre os temas tratados na ação, o visto eletrônico, implantado em quatro países, inclusive para os Estados Unidos, foi apresentado como facilitador para o turismo no Brasil. Os dados do programa e-visa referentes ao último mês de outubro, divulgados pelo Ministério de Relações Exteriores, indicam que, nos mercados estratégicos para a Embratur, o número de concessões aumentou 65% em relação ao mesmo período do ano passado, quando o processamento era feito pelo sistema tradicional. Desde a implantação, em novembro de 2017, Austrália, Canadá, Estados Unidos e Japão registraram um aumento significativo. Até agora, já foram mais de 172 mil pedidos de vistos eletrônicos para o Brasil.

A crescente adesão dos turistas ao sistema eletrônico de solicitação de vistos se reflete no percentual de e-visas emitidos em relação ao total de vistos tradicionais realizados entre os dias 1º e 31 de outubro de 2018. Durante esse período, 85% dos vistos emitidos para os norte-americanos foram eletrônicos.

“Este trabalho de implantação do visto eletrônico foi determinante na estratégia para atração de turistas estrangeiros ao Brasil”, afirma a presidente da Embratur, Teté Bezerra. “Além disso, essa ação de facilitação de vistos, pelas vias eletrônicas, está alinhada com as mudanças do turismo mundial e as nossas atuações de promoção do turismo, onde tudo, hoje em dia, é digital, via aplicativos, mobiles e afins”, completa.

Mercado norte-americano

Os Estados Unidos são o 2º maior emissor de turistas ao Brasil. Em 2017, mais de 475 mil turistas americanos visitaram o País. Atualmente, existem 217 voos semanais direto, ligando 12 cidades dos Estados Unidos a 9 aeroportos brasileiros.

A USTOA possui mais de 800 membros, incluindo grandes operadores de turismo do mercado norte-americano, companhias aéreas, locadoras de carros, empresas de cruzeiros, grupos hoteleiros e escritórios de turismo. A associação foi fundada em 1972 por um pequeno grupo de operadores turísticos da Califórnia e, em 1975, tornou-se uma organização nacional.

 

Voltar ao topo