Embratur

História

      A Embratur foi criada em 1966, por meio do Decreto-Lei 55, que criou também o Conselho Nacional de Turismo e definiu uma política nacional para o setor. Desde então, o turismo brasileiro trilhou muitos caminhos, ganhou profissionalismo e amadureceu. Em 2003, com a criação do Ministério do Turismo, a Embratur passou a cuidar exclusivamente da promoção e o apoio à comercialização, no exterior, dos produtos turísticos do Brasil.


      A partir de então, o Ministério põe em prática uma política pública baseada em modelo de gestão descentralizado e orientado pelo pensamento estratégico. Além disso, foram implementados um novo modelo para a Embratur onde o Plano Aquarela – Marketing Internacional do Brasil e a Marca Brasil passam a nortear e dar unidade às ações de promoção do Brasil no exterior.


      Do ponto de vista da nova forma de comunicação a Embratur tem pela primeira vez, uma estratégia e um plano de ação formatados a partir de pesquisas realizadas dentro e fora do país, implantando ações voltadas para o trade turístico a imprensa e o público consumidor.


      Conjuntamente, criou-se o projeto Caravana Brasil, ocorreu a abertura dos Escritórios Brasileiros de Turismo no exterior (EBTs), a criação de uma gerência exclusiva para apoiar a captação e promoção de eventos internacionais no Brasil e a implementação de uma área de Relações Públicas para construir uma relação de proximidade junto aos meios de comunicação.


      Os resultados obtidos demonstram o acerto dessa estratégia. Hoje, o segmento é um dos principais itens na pauta de exportações do país. O Brasil também se firmou como um dos principais destinos mundiais de eventos, principalmente com o advento da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos.

Voltar ao topo