Destaque

  • Embratur valoriza e incentiva a cultura brasileira

    Embratur valoriza e incentiva a cultura brasileira

    Instituto aposta na relação cultura e turismo para atrair visitantes internacionais ao País A cultura de um país é um dos fatores determinantes que o define diante do mundo. No caso do Brasil, a cultura é resultado da influência de vários povos e etnias e das características predominantes em cada região.  A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) investe na cultura como fator diferencial no mercado turístico mundial e trabalha para aperfeiçoar a difusão da cultura como uma ferramenta de promoção do País no exterior. O Instituto tem o objetivo de ampliar o conhecimento do mundo acerca da cultura brasileira, destacando o modo de viver da população brasileira, a literatura, os museus, os filmes e peças teatrais, a música e as festas que celebram a brasilidade. “Essa miscigenação de culturas regionais é o que faz do Brasil único e que atrai turistas de todos os Continentes. Na Embratur, trabalhamos arduamente para promover e difundir a cultura brasileira pelo mundo”, destaca Vicente Neto, presidente da Embratur. A diversidade cultural brasileira é um dos atrativos mais requisitados pelos visitantes internacionais que desembarcam no Brasil, segundo estudo do Ministério do Turismo, realizado em 2014.  Embora Sol e Praia ainda sejam os principais motivos da vinda ao País, a maior parte (53,4%) dos estrangeiros buscou atividades culturais, como visitas a museus, locais históricos e espaços onde acontecem as tradições e o folclore popular.  Entre os atrativos estão as manifestações típicas arraigadas à cultura da comunidade local, como as festas juninas no Nordeste, que estavam no auge de suas comemorações justamente no período da Copa. Outras manifestações culturais populares e tradicionais no País que costumam chamar a atenção dos visitantes são o Bumba-meu-Boi, o Carimbó, o Frevo, o Samba de Roda, o Maracatu e as Rodas de Capoeira, recém declaradas Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. Em suas ações de promoção da cultura brasileira pelo mundo, a Embratur leva diferenciados grupos de manifestações culturais e folclóricas para divulgarem seus trabalhos no exterior.  Segundo a Unesco, o Brasil tem dezoito bens inscritos na lista do Patrimônio Mundial, entre bens materiais e imateriais, pelo valor que representam para a cultura da humanidade. Entre os imateriais estão o Círio de Nazaré, procissão realizada em Belém (PA); o Frevo, dança carnavalesca (PE); o Yaokwa, ritual indígena do povo Enawene- nawe (MT); o museu vivo do Fandango, no sul de São Paulo e norte do Paraná; além das expressões orais e gráficas dos Wajãpis, índios da família linguística dos Tupi-guaranis e que se espalham por diversas regiões do Brasil; também o Samba de Roda do Recôncavo Baiano e as Rodas de Capoeira.Literatura – A Embratur lançou no começo desse ano uma plataforma digital, Brasil Home, para demonstrar ao turista estrangeiro todas as experiências que ele pode viver ao visitar o Brasil.  “Ao entrar na casa digital da Embratur, o internauta descobre um pouco da cultura brasileira. Além de apreciar obras de arte e ouvir músicas, o internauta pode, gratuitamente baixar grandes clássicos da literatura brasileira disponíveis em três idiomas”, ressalta Vicente Neto. Em cada cômodo da casa digital, o público acessa conteúdos especiais. Na sala de estar é possível conhecer obras de artes de importantes artistas plásticos brasileiros, como Tarsila do Amaral e Cândido Portinari. Gilberto Gil, Chico Buarque, Cartola, grupo Olodum e Seu Jorge são alguns dos músicos disponíveis no estúdio da Brasil Home. Já na cozinha, o público pode acessar receitas de pratos típicos da culinária do País. Tem ainda o espaço de cinema, onde estão disponíveis trailers de produções nacionais.Vale destacar que 48 escritores representarão o Brasil no Salão do Livro de Paris 2015. Na 35ª edição do evento, entre 20 e 23 de março, o Brasil será o País homenageado e contará com espaço de 500 metros quadrados destinados à venda, exposição de livros e palestras com autores. Haverá ainda programação cultural paralela.  Gastronomia – A pesquisa realizada pelo Ministério do Turismo durante a Copa do Mundo de 2014, também mostrou que experimentar a culinária brasileira foi uma das atividades mais praticadas (e mais elogiadas) pelos turistas internacionais que passaram pelo País durante o mundial. Por isso, a gastronomia está, de forma sistemática, na agenda promocional do Brasil no exterior. Sendo assim, desde 2012, a Embratur começou uma grande articulação com o setor e experiências como as edições do Goal to Brasil, que reuniu mais de mil operadores do turismo, em vinte edições distribuídas por diversos países. Em cada evento levou-se pratos típicos da culinária das cidades-sede da Copa do Mundo de 2014. “A culinária é um item importante da cultura brasileira, pois valoriza o destino turístico e os produtos regionais”, enfatiza o presidente da Embratur. O Instituto também participou das feiras Gastronomika (2012) e Madri Fusión, ambas na Espanha. Museus - Uma pesquisa realizada pela Embratur mostrou que a principal atividade de lazer do turista que veio para a Copa das Confederações, em junho de 2013, foi cultural e que, entre um jogo e outro, o estrangeiro optou por visitar museus, monumentos e bairros históricos. A pesquisa revelou que bairros históricos foram procurados por 50,8% dos visitantes estrangeiros. Em segundo lugar, com 39,5%, estão os museus, casas de cultura e exposições. Cerca de 39% dos turistas estrangeiros optaram por passeios em monumentos. Os shows e espetáculos foram assistidos por 15,5%.  Entre os museus visitados, vale destacar o Paço do Frevo, em Recife, o Casa do Pontal, no Rio de Janeiro, e o Inhotim, em Belo Horizonte. O Paço do Frevo tem curadoria de Bia Lessa e destina-se à difusão da cultura do frevo, além da pesquisa, do lazer, da capacitação e do apoio profissional aos que atuam em favor dela.  Casa do Pontal é considerado o maior e mais significativo museu de arte popular do País. Seu acervo - resultado de quarenta anos de pesquisas e viagens por todo País do designer francês Jacques Van de Beuque - é composto por cerca de 8.000 peças de 200 artistas brasileiros, produzidas a partir do século XX. A exposição permanente do Museu reúne, em 1.500 m2 de galerias, obras representativas das variadas culturas rurais e urbanas do Brasil.  O Inhotim foi idealizado pelo empresário Bernardo Paz em meados da década de 1980. O acervo artístico compreende cerca de 500 obras de mais de 100 artistas de 30 diferentes nacionalidades. Com foco na arte contemporânea produzida a partir dos anos 1960 até os nossos dias, o acervo abrange escultura, instalação, pintura, desenho, fotografia, filme e vídeo. Patrimônio Cultural - A Embratur possui um projeto de Promoção dos 12 Patrimônios Culturais da Unesco no Brasil nos mercados prioritários de emissão de turistas para o País. Para isso, o Instituto vem desenvolvendo uma série de atividades, como a realização de workshops, press trips, material promocional, e exposições sobre o tema. Além disso, promove a participação de grupos culturais locais em feiras e eventos internacionais do Instituto.  “Divulgar nossos patrimônios históricos e culturais é valorizar ainda mais a cultura brasileira e destinos de todas as regiões do País,” comenta o presidente da Embratur. Os 12 sítios brasileiros reconhecidos pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade são: o Plano Piloto de Brasília (DF) – primeiro patrimônio da Era Contemporânea no mundo; o Centro Histórico da Cidade de Goiás (GO); o Centro Histórico de Olinda (PE); o Centro Histórico de São Luís (MA); os Centros Históricos de Diamantina e de Ouro Preto (MG); o Santuário de Bom Jesus de Matosinhos em Congonhas (MG); o Centro Histórico de Salvador (BA); o Parque Nacional da Serra da Capivara em São Raimundo Nonato (PI); as Ruínas Jesuítico-Guaranis de São Miguel das Missões (RS); a Praça de São Francisco na cidade de São Cristóvão (SE) e o Rio de Janeiro, primeira cidade do mundo a ser reconhecida no segmento de Paisagem Cultural, pela simbiose entre ocupação humana e natureza na cidade do Rio. Confira abaixo as cidades e seus respectivos Patrimônios Culturais Materiais e Imateriais: Lista de patrimôniosCidadePatrimônio Cultural MaterialPatrimônio Cultural ImaterialSão Raimundo Nonato (PI)Serra da Capivara--Salvador (BA)Centro Histórico de SalvadorOfício de Mestre da Capoeira;Roda de Capoeira;Samba de Roda do Recôncavo Baiano (UNESCO);Ofício das baianas de AcarajésOlinda (PE)Centro Histórico de OlindaFrevo, Arte Performática do Carnaval de Recife (UNESCO);Feira de CaruaruSão Miguel das Missões (RS)Ruínas Jesuítico GuaranisArtesanato dos Guaranis; Artesanato dos MissionáriosOuro Preto (MG)Centro Histórico de ouro PretoModo artesanal de fazer queijo de Minas nas regiões do Serro, da Serra da Canastra e Salitre/Alto ParnaíbaDiamantina (MG)Centro Histórico de DiamantinaToque dos Sinos em Minas GeraisCongonhas (MG)Santuário de Bom Jesus de MatosinhoModo artesanal de fazer queijo de Minas nas regiões do Serro, da Serra da Canastra e Salitre/Alto ParnaíbaSão Luís (MA)Centro Histórico de São LuísTambor de Crioula;Complexo Cultural do Bumba-meu-boi do MaranhãoBrasília (DF)Plano Piloto de Brasília--Cidade de Goiás (GO)Centro Histórico da Cidade de GoiásProcissão do Fogaréu na Semana Santa;Gastronomia: empadão goiano, pastelinho e alfenimRio de Janeiro (RJ)Paisagem Cultural do Rio de JaneiroDança do Jongo (ES/MG/RJ/SP);Matrizes do Samba no Rio de Janeiro: Partido Alto, Samba de Terreiro e Samba-EnredoSão Cristóvão (SE)Praça de São FranciscoModo de fazer Renda Irlandesa em Divina Pastora e Laranjeiras 

  • "Encuentros en Brasil" recebe mais um prêmio internacional

    Festival realizado em Courchevel, na França, premia projeto apoiado pela EmbraturO Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) recebeu mais um prêmio nesta quarta-feira (17), durante o Cristal Festival, um dos mais importantes eventos de comunicação do mundo. Realizado na estação de esqui Courchevel, nos Alpes Franceses, o Festival concedeu ao case “Encuentros en Brasil” o troféu Safira (equivalente a Prata), na categoria de Brand Entertainment & Content , no quesito Best Use or Integration of Music.  Esse é o segundo prêmio internacional que a Embratur recebe este ano pelo “Encuentros en Brasil”, que também foi agraciado na categoria Media, em outro importante festival de propaganda, o El Ojo de Iberoamerica, realizado em Buenos Aires. “Esse prêmio é mais um reconhecimento da eficiência desse projeto, que promoveu juntos o turismo e a cultura nas 12 cidades-sedes da Copa do Mundo. Mesmo após o Mundial, o “Encuentros em Brasil” ainda é lembrado e serve como um case de referência”, destaca o presidente da Embratur, Vicente Neto. Sobre o “Encuentros en Brasil” Criado pela Embratur em conjunto com as agências beGIANT Advertainment e Neogama/BBH, o projeto trouxe seis renomados artistas latino-americanos ao Brasil. Os cantores viveram experiências turísticas, escreveram uma música sobre o País e gravaram um videoclipe em paisagens brasileiras. Os bastidores da viagem foram transformados em uma série de TV, composta por 12 episódios de 30 minutos e exibida em 53 países pela HBO.  O “Encuentros en Brasil” também envolve um álbum com as canções inéditas sobre o País – distribuído em serviços de música como iTunes, GooglePlay, Spotify e Deezer –, um aplicativo mobile e 12 diários de viagem para a web. Cristal Festival Com foco em criatividade e inovação, o evento acontece neste ano, de 16 a 20 de dezembro e recebe cases, palestrantes e espectadores de todo o mundo. O festival também conta com categorias como PR, Digital & Mobile, Design e Marketing Innovation. Assista aos filmes da série “Encuentros en Brasi”l no canal do Youtube da Embratur.

  • Turismo de Porto Alegre ganha com a Copa do Mundo

    Turismo de Porto Alegre ganha com a Copa do Mundo

    Estudo realizado pela secretaria de Turismo da cidade revela que satisfação dos turistas com a hospitalidade chegou a 98% durante o mundialO presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Vicente Neto, recebeu ontem (16), o presidente da Anseditur (Associação Nacional dos Secretários e Dirigentes Municipais de Turismo das Capitais) e secretário de Turismo de Porto Alegre, Luiz Fernando Moraes, que na ocasião, apresentou publicações com balanços da movimentação turística na cidade e o impacto da Copa do Mundo 2014 para o setor.“A Copa do Mundo 2014 foi um desafio para todas as cidades-sede dos jogos e Porto Alegre se preparou para esse evento planetário, recebeu milhares de turistas do mundo inteiro e passou no teste”, comentou o presidente da Embratur, Vicente Neto.O secretário de Turismo destacou que a melhor resposta do trabalho realizado está no índice de satisfação dos turistas com a hospitalidade (98%), gastronomia (91,7%), hospedagem e diversão noturna (88%), atrativos e informações turísticas (89%), transporte e mobilidade urbana (84%). “Os pousos internacionais aumentaram 73,76% e a ocupação hoteleira chegou a 91%”, complementou.Ainda segundo o estudo da Secretaria de Turismo de Porto Alegre, a cidade recebeu 160 mil turistas internacionais e 200 mil visitantes nacionais. Entre os vindos de outros países, 96,5% pretendem voltar à cidade.

  • Brasília será promovida como sede do Fórum Mundial da Água

    Brasília será promovida como sede do Fórum Mundial da Água

    Brasil será o primeiro país da América Latina a sediar o Fórum que debaterá alternativas para o aproveitamento racional e sustentável do recurso hídrico A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), a Setur-DF (Secretaria de Turismo do Distrito Federal), a ANA (Agência Nacional de Águas) e a Adasa (Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal), estiveram reunidas hoje (16), para tratar da promoção do Brasil como sede do 8º Fórum Mundial da Água em 2018, previsto para acontecer em Brasília (DF). “Desde o ano passado, o Instituto apoia a captação do evento, que promete atrair 35 mil pessoas de 147 países. O Brasil será o primeiro país da América Latina a sediar o Fórum que debaterá alternativas para o aproveitamento racional e sustentável do recurso hídrico”, explicou o presidente da Embratur, Vicente Neto. A estimativa da Secretaria de Turismo é que a receita do Distrito Federal tenha um impacto direto de R$ 61 milhões em gastos com alimentação, hospedagem, compras e outras despesas. A próxima edição acontecerá no período de 12 a 17 de abril de 2015, em Daegu, na Coreia do Sul, e o Brasil deverá fazer a promoção do País como sede do fórum seguinte, em Brasília. “Será a oportunidade de apresentar os atrativos do País e motivar os participantes a confirmarem a viagem para o Brasil”, explicou Neto. O secretário de Turismo do Distrito Federal, Luis Otávio Neves, ressaltou que além da agenda oficial, a participação do Brasil nas últimas edições do Fórum tem se destacado pelo Pavilhão Brasil no evento. “O pavilhão é um importante espaço para a realização de negócios e de apresentação internacional dos atrativos turísticos do País”, disse. Já o superintendente de Implementação de Programas e Projetos da ANA, Ricardo Medeiros de Andrade, defendeu que a proposta para o Pavilhão Brasil na edição de 2015 amplie a divulgação da experiência do Brasil e de suas instituições. “Para tanto, o espaço terá 600 m2, auditório com capacidade para 50 pessoas, centro de mídia, o Espaço Brasília 2018, além de uma área para apresentações culturais. Toda a concepção adotará o conceito ambiental sustentável, com material certificado, distribuição de materiais digitais”, finalizou. Detalhando ainda mais o Pavilhão Brasil, o diretor-presidente da Adasa, Vinícius de Sá e Benevides, complementou dizendo que o estande terá como inspiração a cidade de Brasília e apresentará as principais características da capital, com destaque para os azulejos de Athos Bulcão, presentes na Igreja Nossa Senhora de Fátima, os vitrais projetados por Marianne Peretti, da Catedral Metropolitana, os blocos presentes nas fachadas do Teatro Nacional Cláudio Santoro e o mapa do Plano Piloto. Também participaram do encontro, a chefe de Gabinete da Embratur, Kátia Bitencourt e o chefe de Gabinete da Ana, Horácio Figueiredo. Fórum Mundial da Água O evento é promovido a cada três anos pelo Conselho Mundial da Água e contribui para aumentar a importância desse tema na agenda política internacional. Durante o Fórum, os participantes procuram soluções para problemas relacionados à água e ao saneamento, contribuindo para a formulação de políticas públicas de uso racional dos recursos hídricos. Já foram realizadas seis edições do Fórum. A última, que aconteceu em 2012, em Marseille, na França, a participação do Brasil teve um destaque especial. O País mobilizou quase 70 instituições entre governamentais, não governamentais e privadas. Brasília, a cidade-sede A cidade que receberá o 8º Fórum localiza-se em uma região singular na qual as águas superficiais nascentes desta área atravessam o continente até encontrar o Oceano Atlântico no extremo norte do País, na foz do rio Tocantins, percorrendo 2.150 km e, na outra vertente, as águas superficiais seguem para o sul, percorrendo 3.300 km até desaguarem no estuário do Rio da Prata, entre a Argentina e o Uruguai. Dessa região, nasce, ainda, alguns tributários do rio São Francisco, que tem 2.814 km de extensão e banha algumas das áreas críticas do País em termo de escassez de água.

  • Embratur participa de chat no TripAdvisor

    Embratur participa de chat no TripAdvisor

    A convite do TripAdvisor, o Instituto participou do #TripAdvisorChat, conversa interativa no Twitter com participantes de todo o mundo para falar sobre Manaus (AM), destino brasileiro que está na lista dos  “Top 10 - Destinos Emergentes” Convidada pelo Trip Advisor, considerado um dos maiores sites de viagens e turismo do planeta, a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) participou ontem (10), de um bate-papo em tempo real com pessoas de todo o mundo interessadas em saber sobre destinos turísticos internacionais. O tema principal do chat foi “Top 10 - Destinos Emergentes”, lista anunciada pelo próprio Trip Advisor, na semana passada, onde Manaus (AM), aparece em 9º lugar, representando o Brasil. O chat foi criado por meio do perfil do @TripAdvisor dentro da plataforma do Twitter utilizando a hashtag: #TripAdvisorChat. A Embratur participou com seu perfil de promoção internacional, o @VisitBrasil, com objetivo de responder questões relacionadas ao destino Manaus.“Fomos convidados pelo Trip Advisor e é primeira vez que a Embratur participa de uma ação como essa. É uma iniciativa inovadora e interessante executada pela Comunicação Digital da Diretoria de Marketing do Instituto”, disse o presidente da Embratur, Vicente Neto.  Durante cerca de uma hora, Manaus foi citado diretamente em 155 tweets no total. Os assuntos mais replicados foram: Teatro Amazonas; Manaus é um destino em ascensão e a excelente gastronomia de Manaus. Porto de Galinhas, em Pernambuco, também foi citado pelos internautas. Dentre os comentários analisados, predominaram as reações positivas aos conteúdos sobre o destino Manaus.  Os participantes mostraram interesse em conhecer o estado do Amazonas, escreveram sobre a beleza e elogiaram a cidade parabenizando a ação do Trip Advisor.  “É uma forma moderna e interativa de promover o País. O foco é estabelecer uma conversa descontraída entre os vários participantes como veículos internacionais de comunicação, Embratur, Trip Advisor e outros envolvidos do setor de turismo ao redor do mundo. Ao mesmo tempo, falar de nossos atrativos, dar dicas e esclarecer dúvidas sobre os destinos”, explicou o presidente.  

  • Embratur abre inscrições para participação em feiras

    Embratur abre inscrições para participação em feiras

    Empresas e entidades públicas e privadas podem promover seus produtos com a participação nos estandes brasileiros em quatro feiras internacionais de turismo que acontecem no primeiro trimestre de 2015 A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) abre as inscrições a partir de hoje (09), para participação de co-expositores nas quatro primeiras feiras contempladas na Agenda de Promoção Comercial do Turismo Brasileiro para 2015. “A oportunidade é para as empresas e entidades públicas e privadas interessadas em divulgar seus produtos e destinos no exterior, participando com um módulo, gratuito, nos estandes brasileiros”, explicou o presidente da Embratur, Vicente Neto. Os eventos acontecem nos meses de janeiro e março e marcam o início da promoção do Brasil no exterior no próximo ano. As inscrições estarão abertas até a próxima terça-feira (16 de dezembro). As inscrições são para Fitur, que acontece em Madri (Espanha), entre os dias 28 de janeiro e 1º de fevereiro; ANATO, realizada em Bogotá (Colômbia), no período de 25 e 27 de fevereiro; BTL, em Lisboa (Portugal), de 25 de fevereiro até 1º de maio; e por fim, a ITB, que será em Berlim (Alemanha), que vai de 4 a 8 de março.  “As feiras internacionais são consideradas vitrines dos produtos turísticos brasileiros. É importante a participação dos que desejam manter a visibilidade de seus atrativos e expandir negócios no exterior, considerando que é um excelente momento para fazer contatos comerciais”, disse o presidente.   O estande do Brasil é um espaço elaborado para proporcionar as melhores condições de trabalho aos profissionais participantes das feiras, além de ressaltar a essência do Brasil por meio da realização de ações paralelas, tais como palestras, coquetéis, apresentações de produtos, destinos e atrações culturais. O proponente deve preencher a Ficha de Inscrição disponível no portal Visit Brasil www.visitbrasil.com na área de Trade (link na barra superior do site), seção de Materiais de Apoio/Impressos. É necessário realizar um cadastro para ter acesso à área de Trade do Portal. O pedido de inscrição deve ser feito por meio do preenchimento, assinatura e envio da ficha de inscrição para o endereço inscricao.feiras@embratur.gov.br. Somente serão aceitas fichas de inscrição assinadas e enviadas juntamente com CADASTUR válido. Para o preenchimento das vagas, as inscrições dependerão da análise e da aprovação das áreas técnicas competentes. AGENDA DE FEIRAS Para acesso à Agenda de Feiras da Embratur e mais informações sobre cada uma, os interessados podem acessar o site institucional da autarquia: www.embratur.gov.br, na aba “Agenda de Eventos”. Ou ainda no site promocional www.visitbrasil.com na aba “Trade” (fazer login para acesso) e depois clicar em Agenda > mês a mês.

    • Clipping

      JORNAL DE TURISMO - Embratur abre inscrições para participação em feirasA Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) abriu as inscrições para participação de co-expositores nas quatro primeiras feiras contempladas na Agenda de Promoção Comercial do Turismo Brasileiro para 2015. “A oportunidade é para as empresas e entidades públicas e privadas interessadas em divulgar seus produtos e destinos no exterior, participando com um módulo, gratuito, nos estandes brasileiros”, explicou o presidente da Embratur, Vicente Neto. Os eventos acontecem nos meses de janeiro e março e marcam o início da promoção do Brasil no exterior no próximo ano. As inscrições estarão abertas até a próxima terça-feira (16 de dezembro).As inscrições são para Fitur, que acontece em Madri (Espanha), entre os dias 28 de janeiro e 1º de fevereiro; ANATO, realizada em Bogotá (Colômbia), no período de 25 e 27 de fevereiro; BTL, em Lisboa (Portugal), de 25 de fevereiro até 1º de maio; e por fim, a ITB, que será em Berlim (Alemanha), que vai de 4 a 8 de março.“As feiras internacionais são consideradas vitrines dos produtos turísticos brasileiros. É importante a participação dos que desejam manter a visibilidade de seus atrativos e expandir negócios no exterior, considerando que é um excelente momento para fazer contatos comerciais”, disse o presidente.O estande do Brasil é um espaço elaborado para proporcionar as melhores condições de trabalho aos profissionais participantes das feiras, além de ressaltar a essência do Brasil por meio da realização de ações paralelas, tais como palestras, coquetéis, apresentações de produtos, destinos e atrações culturais.O proponente deve preencher a Ficha de Inscrição disponível no portal Visit Brasil www.visitbrasil.com  na área de Trade (link na barra superior do site), seção de Materiais de Apoio/Impressos. É necessário realizar um cadastro para ter acesso à área de Trade do Portal. O pedido de inscrição deve ser feito por meio do preenchimento, assinatura e envio da ficha de inscrição para o endereço inscricao.feiras@embratur.gov.br .Somente serão aceitas fichas de inscrição assinadas e enviadas juntamente com CADASTUR válido. Para o preenchimento das vagas, as inscrições dependerão da análise e da aprovação das áreas técnicas competentes.AGENDA DE FEIRASPara acesso à Agenda de Feiras da Embratur e mais informações sobre cada uma, os interessados podem acessar o site institucional da autarquia: www.embratur.gov.br , na aba “Agenda de Eventos”. Ou ainda no site promocional www.visitbrasil.com  na aba “Trade” (fazer login para acesso) e depois clicar em Agenda > mês a mês.Saiba mais:  http://goo.gl/ZO6dae

    • Notícias

      Instituto aposta na relação cultura e turismo para atrair visitantes internacionais ao País A cultura de um país é um dos fatores determinantes que o define diante do mundo. No caso do Brasil, a cultura é resultado da influência de vários povos e etnias e das características predominantes em cada região.  A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) investe na cultura como fator diferencial no mercado turístico mundial e trabalha para aperfeiçoar a difusão da cultura como uma ferramenta de promoção do País no exterior. O Instituto tem o objetivo de ampliar o conhecimento do mundo acerca da cultura brasileira, destacando o modo de viver da população brasileira, a literatura, os museus, os filmes e peças teatrais, a música e as festas que celebram a brasilidade. “Essa miscigenação de culturas regionais é o que faz do Brasil único e que atrai turistas de todos os Continentes. Na Embratur, trabalhamos arduamente para promover e difundir a cultura brasileira pelo mundo”, destaca Vicente Neto, presidente da Embratur. A diversidade cultural brasileira é um dos atrativos mais requisitados pelos visitantes internacionais que desembarcam no Brasil, segundo estudo do Ministério do Turismo, realizado em 2014.  Embora Sol e Praia ainda sejam os principais motivos da vinda ao País, a maior parte (53,4%) dos estrangeiros buscou atividades culturais, como visitas a museus, locais históricos e espaços onde acontecem as tradições e o folclore popular.  Entre os atrativos estão as manifestações típicas arraigadas à cultura da comunidade local, como as festas juninas no Nordeste, que estavam no auge de suas comemorações justamente no período da Copa. Outras manifestações culturais populares e tradicionais no País que costumam chamar a atenção dos visitantes são o Bumba-meu-Boi, o Carimbó, o Frevo, o Samba de Roda, o Maracatu e as Rodas de Capoeira, recém declaradas Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. Em suas ações de promoção da cultura brasileira pelo mundo, a Embratur leva diferenciados grupos de manifestações culturais e folclóricas para divulgarem seus trabalhos no exterior.  Segundo a Unesco, o Brasil tem dezoito bens inscritos na lista do Patrimônio Mundial, entre bens materiais e imateriais, pelo valor que representam para a cultura da humanidade. Entre os imateriais estão o Círio de Nazaré, procissão realizada em Belém (PA); o Frevo, dança carnavalesca (PE); o Yaokwa, ritual indígena do povo Enawene- nawe (MT); o museu vivo do Fandango, no sul de São Paulo e norte do Paraná; além das expressões orais e gráficas dos Wajãpis, índios da família linguística dos Tupi-guaranis e que se espalham por diversas regiões do Brasil; também o Samba de Roda do Recôncavo Baiano e as Rodas de Capoeira.Literatura – A Embratur lançou no começo desse ano uma plataforma digital, Brasil Home, para demonstrar ao turista estrangeiro todas as experiências que ele pode viver ao visitar o Brasil.  “Ao entrar na casa digital da Embratur, o internauta descobre um pouco da cultura brasileira. Além de apreciar obras de arte e ouvir músicas, o internauta pode, gratuitamente baixar grandes clássicos da literatura brasileira disponíveis em três idiomas”, ressalta Vicente Neto. Em cada cômodo da casa digital, o público acessa conteúdos especiais. Na sala de estar é possível conhecer obras de artes de importantes artistas plásticos brasileiros, como Tarsila do Amaral e Cândido Portinari. Gilberto Gil, Chico Buarque, Cartola, grupo Olodum e Seu Jorge são alguns dos músicos disponíveis no estúdio da Brasil Home. Já na cozinha, o público pode acessar receitas de pratos típicos da culinária do País. Tem ainda o espaço de cinema, onde estão disponíveis trailers de produções nacionais.Vale destacar que 48 escritores representarão o Brasil no Salão do Livro de Paris 2015. Na 35ª edição do evento, entre 20 e 23 de março, o Brasil será o País homenageado e contará com espaço de 500 metros quadrados destinados à venda, exposição de livros e palestras com autores. Haverá ainda programação cultural paralela.  Gastronomia – A pesquisa realizada pelo Ministério do Turismo durante a Copa do Mundo de 2014, também mostrou que experimentar a culinária brasileira foi uma das atividades mais praticadas (e mais elogiadas) pelos turistas internacionais que passaram pelo País durante o mundial. Por isso, a gastronomia está, de forma sistemática, na agenda promocional do Brasil no exterior. Sendo assim, desde 2012, a Embratur começou uma grande articulação com o setor e experiências como as edições do Goal to Brasil, que reuniu mais de mil operadores do turismo, em vinte edições distribuídas por diversos países. Em cada evento levou-se pratos típicos da culinária das cidades-sede da Copa do Mundo de 2014. “A culinária é um item importante da cultura brasileira, pois valoriza o destino turístico e os produtos regionais”, enfatiza o presidente da Embratur. O Instituto também participou das feiras Gastronomika (2012) e Madri Fusión, ambas na Espanha. Museus - Uma pesquisa realizada pela Embratur mostrou que a principal atividade de lazer do turista que veio para a Copa das Confederações, em junho de 2013, foi cultural e que, entre um jogo e outro, o estrangeiro optou por visitar museus, monumentos e bairros históricos. A pesquisa revelou que bairros históricos foram procurados por 50,8% dos visitantes estrangeiros. Em segundo lugar, com 39,5%, estão os museus, casas de cultura e exposições. Cerca de 39% dos turistas estrangeiros optaram por passeios em monumentos. Os shows e espetáculos foram assistidos por 15,5%.  Entre os museus visitados, vale destacar o Paço do Frevo, em Recife, o Casa do Pontal, no Rio de Janeiro, e o Inhotim, em Belo Horizonte. O Paço do Frevo tem curadoria de Bia Lessa e destina-se à difusão da cultura do frevo, além da pesquisa, do lazer, da capacitação e do apoio profissional aos que atuam em favor dela.  Casa do Pontal é considerado o maior e mais significativo museu de arte popular do País. Seu acervo - resultado de quarenta anos de pesquisas e viagens por todo País do designer francês Jacques Van de Beuque - é composto por cerca de 8.000 peças de 200 artistas brasileiros, produzidas a partir do século XX. A exposição permanente do Museu reúne, em 1.500 m2 de galerias, obras representativas das variadas culturas rurais e urbanas do Brasil.  O Inhotim foi idealizado pelo empresário Bernardo Paz em meados da década de 1980. O acervo artístico compreende cerca de 500 obras de mais de 100 artistas de 30 diferentes nacionalidades. Com foco na arte contemporânea produzida a partir dos anos 1960 até os nossos dias, o acervo abrange escultura, instalação, pintura, desenho, fotografia, filme e vídeo. Patrimônio Cultural - A Embratur possui um projeto de Promoção dos 12 Patrimônios Culturais da Unesco no Brasil nos mercados prioritários de emissão de turistas para o País. Para isso, o Instituto vem desenvolvendo uma série de atividades, como a realização de workshops, press trips, material promocional, e exposições sobre o tema. Além disso, promove a participação de grupos culturais locais em feiras e eventos internacionais do Instituto.  “Divulgar nossos patrimônios históricos e culturais é valorizar ainda mais a cultura brasileira e destinos de todas as regiões do País,” comenta o presidente da Embratur. Os 12 sítios brasileiros reconhecidos pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade são: o Plano Piloto de Brasília (DF) – primeiro patrimônio da Era Contemporânea no mundo; o Centro Histórico da Cidade de Goiás (GO); o Centro Histórico de Olinda (PE); o Centro Histórico de São Luís (MA); os Centros Históricos de Diamantina e de Ouro Preto (MG); o Santuário de Bom Jesus de Matosinhos em Congonhas (MG); o Centro Histórico de Salvador (BA); o Parque Nacional da Serra da Capivara em São Raimundo Nonato (PI); as Ruínas Jesuítico-Guaranis de São Miguel das Missões (RS); a Praça de São Francisco na cidade de São Cristóvão (SE) e o Rio de Janeiro, primeira cidade do mundo a ser reconhecida no segmento de Paisagem Cultural, pela simbiose entre ocupação humana e natureza na cidade do Rio. Confira abaixo as cidades e seus respectivos Patrimônios Culturais Materiais e Imateriais: Lista de patrimôniosCidadePatrimônio Cultural MaterialPatrimônio Cultural ImaterialSão Raimundo Nonato (PI)Serra da Capivara--Salvador (BA)Centro Histórico de SalvadorOfício de Mestre da Capoeira;Roda de Capoeira;Samba de Roda do Recôncavo Baiano (UNESCO);Ofício das baianas de AcarajésOlinda (PE)Centro Histórico de OlindaFrevo, Arte Performática do Carnaval de Recife (UNESCO);Feira de CaruaruSão Miguel das Missões (RS)Ruínas Jesuítico GuaranisArtesanato dos Guaranis; Artesanato dos MissionáriosOuro Preto (MG)Centro Histórico de ouro PretoModo artesanal de fazer queijo de Minas nas regiões do Serro, da Serra da Canastra e Salitre/Alto ParnaíbaDiamantina (MG)Centro Histórico de DiamantinaToque dos Sinos em Minas GeraisCongonhas (MG)Santuário de Bom Jesus de MatosinhoModo artesanal de fazer queijo de Minas nas regiões do Serro, da Serra da Canastra e Salitre/Alto ParnaíbaSão Luís (MA)Centro Histórico de São LuísTambor de Crioula;Complexo Cultural do Bumba-meu-boi do MaranhãoBrasília (DF)Plano Piloto de Brasília--Cidade de Goiás (GO)Centro Histórico da Cidade de GoiásProcissão do Fogaréu na Semana Santa;Gastronomia: empadão goiano, pastelinho e alfenimRio de Janeiro (RJ)Paisagem Cultural do Rio de JaneiroDança do Jongo (ES/MG/RJ/SP);Matrizes do Samba no Rio de Janeiro: Partido Alto, Samba de Terreiro e Samba-EnredoSão Cristóvão (SE)Praça de São FranciscoModo de fazer Renda Irlandesa em Divina Pastora e Laranjeiras 

    • Artigos Brasil investe em mídia digital para promover o turismo internacional

      O Brasil vem passando por um amplo processo de exposição midiática gerado pela captação, promoção e realização dos megaeventos. Apesar de atrair um público cada vez mais eclético, pelos diversos perfis de interesse dos eventos esportivos, religiosos, culturais e científicos, as tendências mundiais do segmento turístico vêm sendo insistentemente comprovadas.Uma delas é a crescente utilização das mídias digitais para o planejamento, compra e compartilhamento da experiência de viajar, no caso, do turista estrangeiro que visita o país. Na Europa, por exemplo, 32% dos usuários de internet realizaram compras on-line de viagens de férias neste ano, segundo dados da Eurostat. Há cinco anos, esse índice era de 21%. Ainda segundo a consultoria, 75% das pessoas entre 16 e 74 anos da Comunidade Econômica Europeia usam a internet e, desse total, 59% realizaram algum tipo de compra on-line neste ano.Nesse contexto, é relevante citar que a estratégia e a decisão de investimento nas mídias digitais, inclusive nas ações de promoção do Brasil como destino turístico internacional, ganham, a cada dia, maior relevância no processo de planejamento das organizações públicas e privadas. E com o objetivo de melhorar o bom desempenho, a Embratur (Instituto Brasileiro do Turismo) vem ampliando suas ações de comunicação digital nos últimos anos, por meio do lançamento de aplicativos, de publicidade e de produtos e serviços de relações públicas.Um exemplo desse tipo de ação é a plataforma Sunny Days que ficou com o troféu de bronze na categoria melhor uso de mídia interativa, na etapa nacional do prêmio Ampro Globes Award. Criada com base na ideia de que a incidência do sol está diretamente ligada ao bom-humor, a ferramenta calculava quantos dias de sol a pessoa viveu no último ano e a convidava para visitar o Brasil e viver mais dias de sol e felicidade. Os resultados não podiam ser melhores: o site ficou no ar de dezembro de 2013 a fevereiro de 2014 e em um mês alcançou a marca de 27 mil visualizações, além de ter sido acessado em 90 países diferentes, com destaque para Estados Unidos, França e Reino Unido.O acesso ao Visit Brasil, portal de promoção do Brasil como destino turístico, por sua vez, aumentou 189% no Instagram entre julho e agosto deste ano, quando foram divulgadas fotos de cartões postais de cidades brasileiras feitas pelo russo Murad Osmann. O www.visitbrasil.com, rede social administrada pelo Instituto, divulga o País no exterior e conta, atualmente, com 6.438 “curtidas”.Após a ação, a média de curtidas nas fotos do perfil Visit Brasil subiu de 200 para 600. O fotógrafo russo publicou seis fotos do Brasil. Ao todo, foram mais de 1,2 milhão de interações nas imagens que destacaram os destinos brasileiros. Murad citou o Visit em todas as publicações, além de utilizar as hashtags #visitbrasil e #lovebrazil. Passamos de 2.108 seguidores em julho para 6.438 após a ação.Durante a ação, Murad divulgou o Maracanã, a Praia de Copacabana, o Cristo Redentor, o Rio Amazonas e as Cataratas do Iguaçu. O perfil do fotógrafo possui atualmente mais de 1,6 milhão de seguidores. Sua média é de 150 mil curtidas por foto, tendo algumas imagens batendo a casa dos 200 mil.Aproveitando a Copa do Mundo no Brasil, a Embratur se uniu ao Google para lançar uma campanha inovadora e promover três novos aplicativos nos principais países para o turismo brasileiro. O sucesso da campanha, que utilizava a abrangência e interação do YouTube, trouxe à Embratur um aumento de cinco vezes no volume de downloads dos aplicativos.A campanha se baseou em pesquisas do Google que demostraram que, nos primeiros cinco meses deste ano, a busca por assuntos relacionados ao Brasil foi 20% maior se comparado com o mesmo período de 2013, e dentre estas buscas, 27% foram feitas a partir de aparelhos móveis. Juntando estes fatos, Google e Embratur realizaram de 23 de junho a 23 de julho uma campanha inédita de divulgação dos aplicativos idealizados pelo Instituto para levar ao mundo informações sobre os destinos turísticos brasileiros.Os aplicativos Fellow Trip, Brasil Quest e Brasil Experience Mobile buscavam promover a Marca Brasil e construir uma relação ainda maior com os usuários de cada país. Como foco da campanha, estavam Alemanha, Inglaterra, Estados Unidos e Argentina, mercados escolhidos pela quantidade de turistas destes países que já procuravam o Brasil antes da Copa do Mundo.Para a campanha, que visava o download dos aplicativos, foi utilizado, de forma inédita por um anunciante brasileiro, o formato YouTube Mobile App Promotion, que funciona em aparelhos móveis disponibilizando um link direto para que o usuário faça o download do app do cliente após a apresentação de um vídeo. Juntamente com este tipo de formato foi veiculado um vídeo de anúncio de engajamento na Rede de Display do Google voltado para mobile.O Fellow Trip, aplicativo para smartphones voltado para montagem de roteiro de acordo com o perfil do usuário, permitiu, por meio de parceria com o TripAdvisor, ver os reviews de pessoas que já estiveram em locais turísticos, além de compartilhar os roteiros criados por outros usuários.No Brasil Experience Mobile, aplicativo para smartphones, o usuário pode criar sua própria experiência: uma sequência de até 4 fotos com ritmos brasileiros como trilha sonora. Além disso, o viajante pode receber sugestões de roteiro para explorar nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo, bem como os atrativos próximos à sua localização ou buscar experiências por meio de palavras-chave e categorias de interesse.Com o crescimento do número de pessoas com acesso à internet e do uso de smartphones e tablets, praticamente incorporado ao dia a dia das pessoas, temos a possibilidade de ampliar nossas ações de comunicação digital, buscando contato de maneira mais direta com diversos públicos interessados em conhecer o Brasil, nossa cultura, nossa gastronomia e nosso povo.Vicente Neto é turismólogo e presidente da Embratur. 

Vídeos

Always