Notícias

26/06/2015

Embratur e Apex reforçam sinergia pela promoção internacional do Brasil

Presidente da Embratur, Vinícius Lummertz, recebeu o presidente da Apex-Brasil, David Barioni Neto, para discutir parcerias e promover produtos brasileiros no exteriorO presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Vinícius Lummertz, recebeu nesta quinta-feira (25) a visita do presidente da Apex Brasil, David Barioni Neto, em Brasília. O encontro reforça o movimento de aproximação do Instituto com o mercado, visando a captação de investimentos e a expansão de parcerias nacionais e internacionais. Durante a reunião, os executivos destacaram a atuação conjunta durante a Expo Milão, que tem programação até outubro deste ano, e demonstraram interesse em atuar em sinergia buscando a exposição e o posicionamento do Brasil no competitivo mercado exterior.Com base na atual fase de renovação que a Embratur passa, Lummertz propôs a criação de um grupo técnico de trabalho para verificar a possibilidade de integração das ações e sinergia entre o Instituto e a Apex. “A partir do desafio de modernizar a Embratur, estamos buscando oportunidades de alinhamento em todos os níveis do governo para gerar um ganho de eficiência que estimule a competitividade do Turismo brasileiro”, explicou.No encontro, os presidentes falaram sobre o trabalho que é realizado pelos dois órgãos e sobre como unir forças para potencializar a promoção internacional do País, já que a Embratur e a Apex-Brasil fazem um trabalho semelhante de divulgação dos produtos brasileiros e de projeção da imagem do Brasil no exterior. Também entrou na pauta a realização de ações integradas das entidades com consulados e embaixadas, além da importância de promover conjuntamente a gastronomia.Vinícius Lummertz sugeriu a participação da Embratur em ações da Apex, incluindo formadores de opinião e decision makers ligados ao Turismo. A Agência se colocou à disposição para dar prosseguimento ao diálogo e tratar demais assuntos de interesse. “Vamos fechar aqui algo concreto e colocar nossas equipes técnicas em contato. Temos estudos na Agência que podem nos auxiliar a identificar os mercados potenciais para futuras ações e parcerias”, concluiu David Barioni Neto.Apex-BrasilA Apex-Brasil atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. A Agência realiza ações diversificadas de promoção comercial como rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais, visitas de compradores estrangeiros e formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira entre outras plataformas de negócios que também têm por objetivo fortalecer a marca Brasil. 

Artigos

Santuário católico no Brasil recebe mais turistas que Torre Eiffel 19/05/2015

Santuário católico no Brasil recebe mais turistas que Torre Eiffel

Em 2014, o Santuário de Aparecida do Norte, no Estado de São Paulo (região Sudeste do Brasil), recebeu mais de 12 milhões de visitantes, número que corresponde a quase o dobro do de pessoas que visitaram em 2013 a Torre Eiffel, em Paris, segundo dados de pesquisa da Euromonitor Internacional, divulgada na WTM Latino América, que aconteceu no final de abril em São Paulo. Ainda no passado, 7,7 milhões de viagens domésticas foram motivadas pela fé, segundo estimativa do Ministério do Turismo.O fato de o Brasil ser o país com maior número de católicos do mundo, representando cerca de 12% da população católica do mundial, conforme dados do Vaticano, ajudam a explicar a importância do turismo religioso no país. Em números, são cerca de 137 milhões de católicos, quase a população da Rússia. Além de Aparecida do Norte, há outros locais que recebem muitos visitantes. Em Juazeiro do Norte, no Ceará, Estado da região Nordeste, cerca de 2.5 milhões de peregrinos visitaram a cidade em 2011.No mundo, os patrimônios religiosos são destinos turísticos importantes, atraindo entre 300 e 330 milhões de turistas a cada ano de acordo com estimativas da OMT (Organização Mundial do Turismo). Além de estimular a economia dos locais e países visitados e proporcionar o acesso a novas culturas, o turismo religioso contribui para o aumento da tolerância, do respeito e do entendimento mútuo por meio de interações entre os visitantes e as comunidades que os recebem.A escolha de um latino-americano, o Papa Francisco, em 2013, também contribuiu para renovar o interesse pela visitação de lugares religiosos pelos católicos. É o caso, por exemplo, das ruínas das missões jesuíticas no Rio Grande do Sul, entre as quais a de São Miguel das Missões, próxima da Argentina, terra do pontífice católico e local declarado Patrimônio Histórico da Humanidade pela UNESCO. Em 2013, com a presença do Papa, o Brasil sedioua Jornada Mundial da Juventude Católica, megaevento que reuniu 671.000 turistas, 212.000 dos quais eram internacionais.Mas o turismo religioso não se restringe aos católicos. O crescimento de outras crenças também tem atraído visitantes para outros locais religiosos, como o caso da fé de origem africana, como o candomblé, e de cristãos evangélicos. De acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o número de cristãos evangélicos vem aumentando no país nos últimos anos: em 2010, 21% da população do país, ou 42 milhões de pessoas, seguiam essa religião.  O Relatório de Tendências WTM Latin America 2015, divulgado pela Euromonitor, destaca ainda que, embora os números das religiões afro-brasileiras, como a Umbanda e o Candomblé, sejam bem menores, tem havido um aumento de sua visibilidade na classe média brasileira.O mesmo relatório projeta um crescimento de 4,4% no segmento de turismo na América Latina entre 2013 e 2018, acima da média mundial para o mesmo período, estimada em 4%. Ainda de acordo com o estudo, em 2013, a América Latina registrou um total de 84 milhões de chegadas, o que representou um crescimento de 3% em relação a 2012. Vicente Neto, presidente da Embratur 

Agenda de Eventos

    Indisponível no momento. Tente novamente mais tarde.

  • Portal Visit Brasil
  • Turismo Acessível
  • bannerbrasil2016
Voltar ao topo